Aconteceu no Porto, dia 27 de Junho, no Arquivo Distrital, sede da Delegação Regional da BAD na zona Norte, no final da tarde, a partir das 17h30, a apresentação do livro “Regras de Catalogação: descrição e acesso de recursos bibliográficos nas bibliotecas de língua portuguesa”, editado pela BAD, em 2008. Mais uma importante acção promovida pela BAD, que aproximou os profissionais de informação e documentação, em torno da área técnica da Catalogação. Contou com a presença do autor da concepção e redacção da obra, José Carlos Sottomayor, António Pina Falcão, presidente da BAD, Jacinta Maciel, presidente da Delegação da BAD da Zona Norte e Fernanda Maria Campos, Assessora Principal da Biblioteca Nacional de Portugal.
Esta publicação, que contou com a colaboração de outras especialistas portuguesas – Adelaide Abrantes, Ana Cristina Brissos, Fátimas Lopes, Fernanda Maria Campos, Gina Guedes Rafael – vem actualizar e complementar as Regras Portuguesas de Catalogação, publicadas em 1984, pelo Instituto Português do Património Cultural – Departamento de Bibliotecas, Arquivos e Serviços de Documentação. Seguiu muito de perto os procedimentos de descrição bibliográfica normalizados internacionalmente, aplicados nas Regras de Catalogação Anglo-Saxónicas, bem como as linhas da descrição bibligráfica para os diferentes tipos de documentos, de acordo com as ISBD específicas. Assim, o leitor poderá encontrar nesta obra descritos e exemplificados alguns procedimentos para a descrição bibliográfica de documentos, a saber: livros, panfletos e folhas impressas, materiais cartográficos, manuscritos, música, registos sonoros, filmes e registo vídeo, materiais gráficos, recursos electrónicos, artefactos tridimensionais e realia, microformas, recursos contínuos e analíticos. Poderá igualmente ter acesso a procedimentos para a determinação das entradas principais e secundárias para nomes de pessoas, colectividades, famílias, títulos uniformes e entradas remissivas. Possui, como anexos, tabelas normalizadas para o uso de maiúsculas em língua portuguesa e nalgumas línguas estrangeiras, abreviaturas no alfabeto romano, cirílico, grego, hebraico, numerais, artigos iniciais e um glossário, com definições da maior parte dos termos catalográficos utilizados no tratamento de materiais impressos e não impressos.
Fernanda Campos fez uma intervenção específica sobre “Os caminhos da Catalogação”, que sucinta e claramente apresentou, abordando conceitos tais como Catalogação, seus objectivos, princípios normativos, dando especial ênfase à evolução dos Princípios Internacionais de Catalogação (conhecidos também como “Princípios de Paris”), emanados pela IFLA, em 1961, que se encontram neste momento em revisão por peritos. A IFLA tem desenvolvido esforços para adaptar os Princípios de Paris às novas necessidades tecnológicas, sentidas na constituição de catálogos de bibliotecas em linha, tendo como objectivo servir a conveniência do utilizador do catálogo. Outros modelos conceptuais de descrição estudados presentemente foram também abordados.

A Delegação da BAD Norte agradece a todos os associados e não associados presentes nesta acção, sentindo-se gratificada pela elevada adesão à sala de conferências do Arquivo Distrital do Porto. Agradece ainda a Henrique Barreto Nunes, Director da Biblioteca Pública de Braga, o apoio prestado no incentivo que deu para a organização deste evento.

Aida Alves | 1ª Suplente do Conselho Directivo Regional Norte

Advertisements