A Casa do Infante inaugura na próxima sexta-feira, dia 16 de Outubro, às 18:00 a exposição “O Porto Oitocentista nas Gravuras da Colecção Monteiro de Andrade”.

A Câmara Municipal do Porto em colaboração com a Comissão para a Evocação dos 200 anos das invasões Francesas, promove uma Exposição de gravuras sobre o Porto, da colecção Monteiro de Andrade, a partir das quais se realçam acontecimentos históricos, aspectos urbanísticos e sociais da cidade oitocentista.

Avelino Joaquim Monteiro de Andrade nasceu no Porto, em 1895. Formou-se em engenharia em 1918 e iniciou a sua vida profissional nesse ano na Câmara Municipal do Porto, onde trabalharia até ao seu falecimento, em 1964.

A presente exposição está integrada nas comemorações do Bicentenário das Invasões Francesas no Porto, período conturbado da nossa História que este ano se recorda. O seu contributo para este programa pretende retratar o Porto oitocentista nos seus diversos aspectos, através de uma belíssima colecção de gravuras dos séculos XVIII e XIX.

O plano expositivo é constituído por 6 módulos: A caminho do Porto, A cidade e o rio, Outras perspectivas, A Segunda Invasão Francesa, O Cerco do Porto e Recordando o rei Carlos Alberto. Em todos eles se pretendeu evidenciar aspectos menos conhecidos e aprofundar os elementos de descrição das peças.

A entrada é livre, dentro do seguinte horário:
Segunda a Sexta (10horas às 17 horas)
Sábado e Domingo (abertura condicionada)

Advertisements