Realiza-se na próxima segunda feira, dia 23 de janeiro, na Biblioteca Lúcio Craveiro da Silva, em Braga, o lançamento da obra “Portugal ilustrado em Postais”. A apresentação está agendada para as 18h00 e estará a cargo de Henrique Barreto Nunes, ex-diretor da Biblioteca Pública de Braga e atual vice-presidente do Conselho Cultural da Universidade do Minho.

Da autoria de Moisés de Lemos Martins, Madalena Oliveira, Albertino Gonçalves, Miguel Bandeira, Helena Pires e Maria da Luz Correia, esta publicação corresponde a um conjunto de seis brochuras reunidas numa caixa de arquivo e resulta de um projeto de investigação financiado pela Fundação para a Ciência e a Tecnologia. Com o objetivo de refletir sobre a cultura visual contemporânea a partir do postal ilustrado, este projecto procurou analisar o contributo do cartão postal para a história dos media modernos.

Meios de correspondência de registo breve, económicos, ligeiros, graciosos, os postais ilustrados constituíram um dos mais significativos suportes de circulação de imagens. Fixaram (ou fixam ainda) retratos de cidades, de gentes, de monumentos e de objetos de arte, estando intimamente ligados à definição do imaginário popular.
Nesta coletânea, os investigadores analisam a imagem construída e divulgada pelos postais ilustrados ao longo dos anos relativamente a cinco cidades portuguesas – Bragança, Viana do Castelo, Braga, Viseu e Portalegre. Os booklets reunidos nesta obra são, na verdade, apontamentos sumários da imagem destas cidades ao espelho dos postais, num formato que repete, de algum modo, o jeito dos próprios bilhetes-postais: são brochuras breves, regionalizadas, ilustradas, coloridas, que mantêm o perfil ágil e afetuoso do objeto colecionável.