Conferência: As bibliotecas no apoio ao empreendedorismo feminino

Deixe um comentário

 

Karen Hartman sobre um tema importante em tempos de crise: podem as bibliotecas desempenhar um papel relevante no apoio e promoção do empreendedorismo feminino? Propostas e debate na próxima sexta-feira, 1 de Junho, às 18h00, na Universidade Portucalense. Inscrevam-se: vale a pena!

Conferência de Karen Hartman, Gestora de Recursos de Informação dos EUA para a zona Sul da Europa
Título: Libraries Supporting Women Entrepreneurs (As bibliotecas no apoio ao empreendedorismo feminino)
Língua: inglês
Universidade Portucalense, Sexta-feira, 1 de Junho, 18h00, na sala 201.
Entrada livre, mas sujeita a inscrições, que deverão ser feitas para: mnunes@upt.pt

Resumo:
A investigação na área dos negócios e os estudos de desenvolvimento económico têm demonstrado que, quando desencadeado o potencial económico das mulheres, o desempenho económico das comunidades e nações do mundo se torna mais elevado. Alguns estudos sugerem também que as mulheres enfrentam enormes desafios em começar as suas próprias empresas, devido à sua falta de experiência no ramo dos negócios, poucas oportunidades de networking e falta de conhecimento tecnológico. As bibliotecas e os especialistas em informação têm uma oportunidade única para fornecer recursos de formação, informação, programas de extensão e muito mais para as mulheres no contexto das comunidades locais ou profissionais. Quando as bibliotecas estão ativamente envolvidas na comunidade local e nos esforços de desenvolvimento económico, todos beneficiam. Esta palestra irá proporcionar uma visão geral de como as bibliotecas podem ajudar a promover as mulheres e ajudá-las nos seus esforços empresariais.

Informação sobre a autora em:http://webliminal.com/khartman/


Em debate: Bibliotecas Monásticas: os homens e os livros

Deixe um comentário

Realiza-se no próximo dia 10 de maio o seminário “Bibliotecas Monásticas: os homens e os livros“ promovido no âmbito dos seminários transdisciplinares em Tibães e da responsabilidade do CITCEM – Centro de Investigação Transdisciplinar «Cultura, Espaço e Memória». A Delegação Norte da BAD colabora na organização deste seminário do Mosteiro de Tibães que terá o seguinte programa:

Inscrições:

enviar mensagem para o endereço: msmtibaes@culturanorte.pt
ou ligar: 253 622 670
Inscrição: EUR 15,00 (inclui almoço na hospedaria do Mosteiro, visita ao Mosteiro, cafés, documentação e lembrança).

Consulte o cartaz do evento.

Arquivo Joaquim dos Santos Simões, exposição de cartazes “25 de Abril”

Deixe um comentário

Até 31 de Maio
“25 de Abril”
Exposição de cartazes
Arquivo Joaquim dos Santos Simões
Org: Arquivo Municipal Alfredo Pimenta
Horário : 09h00-12h00 / 14h00-17h00
sítio: http://www.amap.com.pt

Explorando rimas e adivinhas no Paço dos Duques | Guimarães

Deixe um comentário

Abril: “OLHARES RIMADOS NO PAÇO ”
Público-alvo: Pré Primária e 1º ano do 1º Ciclo
Tempo Médio: 60 minutos

Número Máximo de Participantes: 20 pax
Custo: 1 Euro.
Visita lúdica que explora, durante o percurso pelo museu determinados pontos da vida quotidiana palaciana, focando a atenção das crianças para determinado objecto através de uma rima/adivinha. Com a ajuda do técnico do serviço educativo, o grupo será incitado a desenvolver a concentração e a perspicácia visual.

Todas as atividades do Serviço Educativo estão sujeitas a marcação através dos contactos :
Tel. 253 412 273 ou pduques.se@imc-ip.pt

Biblioteca Municipal de Viana do Castelo

Deixe um comentário


maria_teresa_hortaNo próximo dia 30 de Março  de 2012, pelas 21h30 horas, na Sala Couto Viana, acontece: À conversa com… Maria Teresa Horta, a propósito da apresentação do seu livro intitulado “As Luzes de Leonor”.
Com esta iniciativa pretende-se promover, em torno do livro, o diálogo e a troca de conhecimentos com escritores contemporâneos, proporcionando a oportunidade de conviver de perto com os autores e a sua obra.

 

Sinopse

Leonor de Almeida Portugal, neta dos marqueses Romance de Távora, e que viria a ser a 4.a marquesa de Alorna, foi enclausurada em 1758, com a mãe e a irmã,  no convento de S. Félix,  em Chelas, por ordem do futuro marquês de Pombal.  Tinha 8 anos. Saiu com 27, precedida pela fama da sua beleza, Luzes e talento poético.

Admirada na Corte, torna-se valida da Rainha D. Maria, que apadrinha o seu casamento – contrariado pelo pai – com o conde de Oeynhausen, oficial alemão ao serviço do exército português. Leonor obtém para o marido o cargo de embaixador de Portugal em Viena de Áustria, abrindo para si as portas da Europa civilizada. De passagem por Paris e na capital austríaca, torna-se notada nos salões mais cultos. Convive com Maria Antonieta e sua mãe, a imperatriz Maria Teresa. Sempre rodeada de livros e cadernos, percorre as estradas da Alemanha, França e Espanha. Vive, arrebatada, os primeiros passos da Revolução Francesa. De regresso a Portugal, enfrenta as intrigas montadas contra ela pela mediocridade da Corte do regente D. João.

Viúva desde 1793, acaba expulsa do país, em 1803, por iniciativa de Pina Manique, que via nela uma perigosa jacobina, e do embaixador francês Lannes, pressionado por Paris a agir contra a agente anti-napoleónica condessa de Oeynhausen, que entretanto se tornara amante do jovem general da Vendeia, Henri Forestier

A Autora

Maria Teresa Horta nasceu em Lisboa, onde frequentou a Faculdade de Letras. Jornalista e crítica literária, estreou-se na poesia, em 1960, com Espelho Inicial, tendo participado no ano seguinte no volume Poesia 61, com Tatuagem.

No romance surge com Ambas as Mãos Sobre o Corpo, em 1970, e no ano seguinte, conjuntamente com Maria Isabel Barreno e Maria Velho da Costa, publica Novas Cartas Portuguesas,  obra que valeu às autoras um processo judicial «por ofensa à moral pública» e que está editada em numerosos países.
Destacam-se ainda Ema (Prémio Ficção Revista Mulheres) e A Paixão Segundo Constança H. Em 2004, foi condecorada pelo Presidente da República Jorge Sampaio com o grau de Grande Oficial da Ordem do Infante D. Henrique. E, em 2010, foi distinguida com o Prémio Máxima Vida Literária pelo seu livro Poesia Reunida. O romance As luzes de Leonor, publicado em 2011, valeu à autora o “Prémio Literário D. Dinis”, instituído pela Fundação Casa de Mateus.

Informação: http://www.biblioteca.cm-viana-castelo.pt/

Atelier de promoção do gosto pela leitura…

Deixe um comentário

…em Vila Real!
Precisa de um programa para o próximo fim-de-semana?

Vá à Biblioteca da sua região: muitas estão abertas ao Sábado. No próximo, às 16h00, pais e filhos até aos 10, podem participar num atelier que visa promover o gosto pela leitura. E quem se deixa apaixonar pela leitura, ganha um tesouro! Experimente! Se não existe na sua biblioteca, fale com o bibliotecário e sugira a realização de actividades.

Hora do? conto! Na Biblioteca Municipal de Chaves.

Deixe um comentário

Todas as quintas para grupos organizados, mediante marcação prévia, a biblioteca proporciona aos mais novos uma hora de descoberta e de imaginação, no âmbito da promoção e do gosto pela leitura e estimulação do interesse em partilhar livros.

É ainda possível a marcação prévia no formulário disponível no blogue para o efeito! Parabéns, Biblioteca! (Inscrições).

Older Entries

%d bloggers like this: